Passaporte na gaveta: como fica a carreira internacional pós-pandemia

Profissionais tiveram que suspender ou cancelar os planos de estudar e trabalhar fora do país por causa das restrições de viagens. Renato Takatori: suspensão de viagens o impediu de trabalhar na Irlanda e sua vaga foi cancelada (Omar Paixão/VOCÊ S/A) Após ser demitido do cargo de auditor sênior de TI na EY, em meados de 2019, o paulista Renato Takatori, de 37 anos, embarcou para a Irlanda para estudar inglês. Em fevereiro deste ano, foi aprovado em um processo seletivo para retornar à consultoria — só que dessa vez ocuparia um posto no escritório irlandês. “Por meio de um headhunter que conheci no LinkedIn consegui uma entrevista para o mesmo cargo que eu tinha no Brasil. Enxerguei como um d

Posts em destaque
Posts Recentes
Arquivo
Busca por palavras-chave
Siga-nos
  • Facebook Social Icon
  • LinkedIn Social Icon